Exemplos de texto dissertativo argumentativo para redação


Fazer um texto dissertativo argumentativo requer o conhecimento e domínio absoluto da norma culta da língua portuguesa. Norma culta é o conjunto de práticas linguísticas pertencentes ao lugar ou à classe social de maior prestígio num determinado país. Segundo o Instituto Camões, a norma culta do português europeu é “o dialecto da região que abrange Lisboa e Coimbra“, enquanto que a do português brasileiro é “a fala do Rio de Janeiro e São Paulo”.

Quem consegue dominar a norma culta já está a um passo de fazer um texto dissertativo argumentativo para usar por exemplo, numa redação para o Enem 2014.

Exemplos de Textos Dissertativos Argumentativos Enem

Exemplos de Texto Dissertativo Argumentativo Enem

Muitos alunos estão na escola porém não sabem direito como fazer uma boa redação para o Enem, e devido a esta deficiência que a maioria dos estudantes não conseguem uma boa nota no Enem, de acordo com o site Segredos do Enem mais de 80% dos alunos da rede pública ou particular de ensino não sabem o que fazer para passar no Enem, e devido a esta dificuldade é muito importante ter uma boa apostila ou vídeo aulas para Enem com Professores focados no assunto para ensinar você o segredo para escrever uma redação com textos dissertativos argumentativos com eficiência.

Exemplos de Textos Dissertativos Argumentativos para Redação

Segue abaixo alguns exemplos para você aprender sobre esta questão tão importante para usar no Enem deste ano.

Autodestruição 

Aluna: Mariana Yamamoto Martins

Há tempos a questão da preservação do meio ambiente entrou no dia-a-dia das discussões do mundo inteiro. O excesso de poluição emitida pelas indústrias e automóveis e a devastação das florestas são as principais causas do efeito estufa e finalmente se tornaram motivo de preocupação. Contudo, até agora, os resultados pró-natureza são insignificantes perto dos prejuízos causados a ela.
Essa diferença tem razões econômicas. Não é simples nem vantajoso uma fábrica que emite grande quantidade de poluentes comprar equipamentos que amenizam tal emissão. O mesmo acontece com automóveis, grandes vilões do ar nas cidades. Segundo reportagens, carros e ônibus velhos poluem quarenta vezes mais do que os novos, e não é por falta de vontade que os donos não os trocam, e sim por falta de dinheiro. Concluímos, então, que o mundo capitalista inviabiliza um acordo com o meio ambiente e, enquanto isso, o planeta adoece.
Outros problemas é a falta de informação e educação ambiental. Muitas pessoas ainda desconhecem os malefícios do efeito estufa, como, por exemplo, o aumento da temperatura e, como conseqüência, a intensificação das secas. Esse desconhecimento somado ao egoísmo e descaso humano trazem-nos uma visão de futuro pessimista. Das poucas pessoas cientes desse problema, muitas não o levam a sério e não tentam mudar suas atitudes buscando uma solução. Enquanto os efeitos dos nossos atos não atingirem proporções mais danosas, permaneceremos acomodados com a situação, deixando para nossas futuras gerações o dever de “consertar” o meio ambiente.
A triste conclusão a que chegamos é a de que a prudência e o bom senso do ser humano não são mais fortes que a sua ambição e egoísmo. Estamos destinados a morrer no planeta que matamos. 

 

Quando o fim é progredir

Aluna: Sandra H. Gordon

Há milhares de anos o universo existia em harmonia. Os ciclos de escuridão e luz se alternavam periodicamente. As estrelas nasciam, brilhavam e explodiam. Sempre o mesmo ciclo. Harmonia. Tranqüilidade. A luz fez um planeta fértil. Plantas surgiram. A harmonia continuou. Animais surgiram. Sucederam as eras geológicas. Surgiu, então, o homem. O homem não se contentou com os ciclos naturais. Construiu ferramentas e com estas ergueu as cidades, afastando-se até das memórias dos campos, da vida simples e natural. A harmonia se despedaçou.
Ao homem foi dado o domínio da tecnologia, mas ele a usou para a destruição. Foi dada também a conquista do meio, mas ele o converteu em sua própria prisão. As florestas foram arrasadas. A atmosfera foi poluída. Enfim, a Terra criou o homem e foi destruída por sua criação.
Os mais sábios tentaram impedir o progresso, mas o lucro do momento fechou os ouvidos do homem. A avalanche continuou. Cada um competiu para transformar uma parte maior do todo. Ignoraram completamente o ciclo natural. Materialismo passou a ser o novo indicador.
O progresso abalou o homem até onde a ambição alcança. Ele cada vez sabe mais, consegue mais e constrói mais. Só que não percebe, em sua escalada, a possibilidade da queda. Quando ele se der conta dos abusos que comete, será tarde demais para voltar. 

Dicas Infalíveis para Escrever um Texto Dissertativo Argumentativo:

Como começar?

Primeiramente é preciso ter conhecimento sobre o tema, e em seguida é preciso transformar tal conhecimento numa pergunta, na qual a sua resposta dará origem às idéias. Faça uma reflexão sobre o assunto. Elabore um rascunho, planejando o conteúdo e organizando as idéias.

Como discutir?

Escolha os seus argumentos, seja ele para concordar, contestar ou fazer oposições, e exponha exemplos, juízos, conceitos, raciocínios a fim de fundamentar a sua discussão.

Como argumentar?

Cada parágrafo argumentativo deve expor adequadamente uma idéia-central, através dos exemplos, juízos, evidências, relações de causa e conseqüência.

Como concluir?

Para a conclusão, siga de forma coerente com a discussão: elabore uma síntese do conteúdo discutido, retome o posicionamento da tese ou atribuir uma perspectiva ou solução para o problema.

Para se fazer uma boa dissertação é muito importante:

- Ler o tema com muita atenção, para entender o que se é pedido;

- Ter conhecimento do tema que irá desenvolver;

- Fazer um rascunho antes de começar a escrever o texto original;

- Evitar expressões como: “na minha opinião”, “eu penso que”, “eu acho que”, e procurar escrever o texto sempre em 3º pessoa do singular ou do plural.

- Manter o máximo de clareza no que está escrevendo;

- Todo texto dissertativo deve apresentar: parágrafo introdutório (tese), desenvolvimento (exposição/argumentação) e conclusão.

- Evitar construir frases embromatórias. Certifique-se de que todas as palavras que constituem a frase são fundamentais.

- Evitar o uso de palavras abreviadas, do etc., da palavra “coisa”, e de gírias.

Termos:

  • textos dissertativos argumentativos
  • Como fazer um Texto dissertativo
  • O que é um texto dissertativo argumentativo

Videos Relacionados

Carregando...
Videos Relacionados

Para mais informações curta nossa página:
 google plus

Vídeo Inédito "Ensina Como Ganhar" de R$50 a R$500 por DIA pela Internet. VER AGORA!